Artigo

SAP S/4 HANA: Entenda por que a funcionalidade é o principal critério de decisão

Quem adquire e usa os avançados sistemas de gestão e de banco de dados da SAP busca, antes de qualquer coisa, performance e funcionalidade. O mercado altamente competitivo, um panorama econômico mundial altamente complexo, públicos cada vez mais detalhados e com necessidades de atenção quase individualizada: a liderança, hoje, não vem apenas através de bons produtos ou atendimento de qualidade, mas sim através da coleta, análise e utilização de informações precisas e atualizadas constantemente.

A SAP entende isso muito bem, por isso desenvolveu o SAP HANA, uma plataforma composta por um novo banco de dados colunar e sistema de integração, executado em memória, que possibilita consultas de múltiplos tipos de origens de dados em tempo real, em velocidades e volumes jamais vistos. O banco de dados HANA deu início a esta ferramenta poderosa, a quarta versão de sua suíte gerencial, o S/4 HANA. As qualidades deste conjunto de ferramentas são enormes e, de acordo com os próprios clientes da SAP na região da Alemanha, o principal fator de escolha para a nova geração de ERPs é justamente a funcionalidade do produto.

Notadamente, a linha HANA foi criada para trazer esta funcionalidade, ao mesmo tempo trazendo maior poder de processamento e simplicidade de uso com facilidade de acesso por qualquer meio. Segundo Hasso Plattner, um dos fundadores da SAP, o “S/4 HANA é, de longe, o melhor ERP já desenvolvido pela SAP”; eis os pontos que ele mesmo considera os principais para o destaque desta ferramenta:  

  • Completo: um fator crucial para a alta funcionalidade do S/4 HANA é justamente o fato que ele agrega diversas funcionalidades em um único sistema, desde finanças até vendas e logísticas. E, segundo o próprio Plattner, mais módulos estão sendo desenvolvidos constantemente, o que garante que este produto vai permanecer na liderança quando o assunto é performance.
  • Veloz: o fato deste sistema ser baseado no banco HANA faz com que ele não seja apenas completo e funcional, mas extremamente rápido. O processamento in-memory, por si só, já é um grande diferencial, que é complementado pela construção simplificada e altamente flexível do banco de dados. Este conjunto é tão eficaz que é utilizado por empresas para funções que vão desde otimização de rotas de transporte rodoviário até automação e aplicações em Internet das Coisas (IoT).
  • Flexível: rodar um sistema deste porte requer, naturalmente, uma estrutura avançada de hardware para sua instalação. Porém, no caso do HANA, esta estrutura não precisa estar em sua empresa, que pode aproveitar 100% da funcionalidade desta solução usando computação em nuvem. Embora tradicionalmente as empresas prefiram deixar seus ERPs instalados localmente, a SAP aposta nessa opção como forma de estender todos os benefícios desta família de produtos às empresas que não querem ou não podem investir em uma estrutura de hardware muito grande.
  • Simples: aproveitar toda a performance do S/4 não significa lidar com uma interface complexa, pelo contrário: a SAP investiu muito em design justamente para criar algo que fosse simples e fácil de usar, com pouco treinamento requerido para os usuários. E foi além criando uma interface responsiva chamada Fiori, que permite o uso do HANA direto do celular.

Estas e muitas outras razões tem levado cada vez mais empresas – de grandes corporações ao middle Market – a aderir ao HANA e ao S/4 HANA, contando agora com mais desempenho e máxima funcionalidade a serviço de seus negócios.

SAP S/4 HANA

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Conheça nossos parceiros