Artigo

Qual a relação entre LTE e 4G?

Termos como 4G e LTE têm sido utilizados frequentemente na mídia por empresas de telecom e fabricantes de smartphones para chamar a atenção para essa nova geração de tecnologia móvel, que promete deixar sua conexão com a internet mais rápida, permitindo velocidades de até 300 Mbps de downlink e 75 Mbps de uplink. Mas qual a relação entre LTE e 4G? Como funciona a tecnologia e quais são seus principais benefícios?

Relação entre LTE e 4G

De forma bem objetiva, 4G significa a quarta geração de tecnologia móvel. Ela é a evolução das redes atuais (3G) e foi proposta com o intuito de suportar o crescimento mundial do tráfego de dados móveis e tornar a transmissão desses dados mais eficiente com ampla cobertura. Em termos práticos ela fornece melhorias no desempenho, redução do custo por bit e uma maior disseminação dos serviços móveis. Os dois maiores expoentes da tecnologia 4G são o WiMax e o LTE, tendo o último se consolidado como padrão de mercado.

O LTE, abreviação para Long Term Evolution, é baseado nas tecnologias GSM/EDGE e UMTS/HSPA. Seu sistema é baseado no protocolo IP e sofreu um completo redesign e simplificação com relação ao 3G. E mesmo possuindo uma arquitetura diferente, o LTE é compatível com as redes 3G. A 3GPP (3rd Generation Partnership Project) é a organização responsável pela padronização do LTE no mundo.

Tecnologia, vantagens e desvantagens

Por ser baseada no principal protocolo da internet, a tecnologia foi projetada para prover serviços de dados. Todo o tráfego de voz é suportado através da tecnologia VoIP (Voice Over Internet Protocol). Isso melhora substancialmente o throughput final para o usuário e a redução da latência, intensificando a convergência entre serviços e viabilizando aplicações em tempo real. O LTE cria uma nova experiência quando falamos de mobilidade, permitindo que exista uma integração com as demais redes baseadas no protocolo IP.

Essa integração entre redes IPs só é possível graças a arquitetura do LTE, permitindo a transição de redes combinando com a comutação de circuitos e pacotes. Essa arquitetura é conhecida como Evolved Packet Core (EPC) e foi especificada pela 3GPP para apoiar as outras camadas de rede através de uma redução no número de elementos de rede, simplificando a arquitetura e permitindo a conectividade com outras formas de acesso como a tecnologia DSL. Com o LTE você poderá transitar entre a rede móvel e fixa.

Entre as vantagens do LTE, podemos citar:

  • Redução do tráfego de rede ao enviar e receber pacotes a uma taxa mais rápida;
  • Ampla cobertura;
  • Permitir que mais usuários utilizem a mesma frequência, aumentando o número total de usuários capazes de acessar a tecnologia;
  • Compatibilidade com as tecnologias GSM, GRPS, UMTS, EDGE, WCDMA, HSPA, CDMA-one, CDMA2000, EV-DO, EV-DV e SC-CDMA síncrona;
  • Requer menor consumo de energia dos dispositivos móveis;
  • Permite que as redes possam se configurar e sincronizar com redes adjacentes através da automação de processos de rede, mais conhecida como Self-Organizing Network (SON);

Entre as desvantagens, podemos destacar:

  • Custo elevado para a atualização dos equipamentos;
  • Necessidade de antenas adicionais em estações de base para transmissão de dados;
  • Usuários finais precisam de disposivos móveis com suporte à tecnologia.

Convergência entre serviços

Além de suportar o aumento do tráfego nas redes móveis e aumentar a velocidade de conexão para os usuários finais, o principal ganho com a adoção do LTE é a chamada convergência entre serviços. Na prática será possivel oferecer novos modelos de aplicações baseadas em cloud computing, transmissão de áudio e de vídeos em alta definição (HD) ao vivo, aplicações colaborativas, integração entre serviços multimídia e sincronizações entre dispositivos móveis e computadores em tempo real.

A tecnologia LTE tornará a convergência uma realidade e permitirá a criação de novos modelos de negócios que ainda não são possíveis dadas as limitações das redes atuais. Pelo que tudo indica, a tecnologia vai ajudar a dar mais um salto evolutivo na forma como nos conectamos e utilizamos nossos dispositivos móveis.

Você já pensou em alguma forma inusitada de utilizar a tecnologia LTE na empresa onde você trabalha? Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário e suas dúvidas abaixo. Teremos o maior prazer em ajudar!

[hs_action id=”2661″]

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Conheça nossos parceiros