Artigo

Quando outsourcing é a melhor solução?

O outsourcing ou terceirização é uma prática empresarial muito utilizada nos dias de hoje. Além de poder contar com a previsibilidade orçamentária, bem como com especialistas já treinados, é mais ágil e produtivo do que contratar uma equipe e montar uma estrutura para acomodá-la, fazer uso dessa prática permite que os funcionários in loco se dediquem somente ao que é realmente importante para o sucesso e destaque da empresa no ramo em que a mesma atua. A tendência é que o número de empresas a utilizar o outsourcing aumente ainda mais nos próximos anos.

No entanto, nem sempre terceirizar é a melhor solução. O ideal é que o serviço a ser terceirizado não tenha nenhuma relação com o objetivo final da empresa. Por isso, a prática de outsourcing é mais comum nos setores operacionais e essenciais para qualquer negócio, como o financeiro, o de atendimento ao consumidor, a área de TI e etc. E para te conduzir sobre quando essa prática é a melhor solução, produzimos este post pra você conseguir se decidir de forma mais assertiva sobre isso. Acompanhe!

As individualidades de cada área

Antes de tudo, é preciso ter em mente que cada caso é um caso e precisa ser analisado individualmente. Se uma agência de design gráfico, por exemplo, decidir contratar outra empresa para fazer os designs para ela, automaticamente ela perde sua identidade e originalidade. Porém, quando não se trata de uma agência de design, muitas corporações terceirizam esse serviço, já que hoje em dia todo negócio que se preze precisa ter uma página na internet e uma identidade visual.

Informática e TI

Se a sua empresa não for especializada em tecnologia, terceirizar pode ser uma ótima opção. É fato que a informática está presente de alguma forma em todas as empresas, independente de seu ramo de atuação. Sem embargo, é essencial analisar os prós e os contras antes de tomar qualquer decisão, visto que existem vantagens e desvantagens que a utilização do outsourcing pode implicar.

Porque terceirizar

Ao terceirizar a área de Informática e TI, a empresa não precisa investir em tecnologia de ponta e em uma equipe especializada, economizando assim uma quantia significativa do seu orçamento e focando somente em manter e melhorar a qualidade dos serviços prestados por ela. Outro fator a ser levado em conta é a segurança. Ao criar seu próprio departamento de TI, a empresa fica muito mais vulnerável a possíveis vazamentos de informação por parte de seus funcionários, e os softwares instalados para aumentar a segurança dos computadores nem sempre são os mais eficazes.

Em contrapartida, uma empresa especializada em TI estará sempre se atualizando e investindo nos melhores equipamentos e softwares disponíveis no mercado, na contratação dos melhores profissionais da área e terá experiência comprovada de prestação de serviços para outras corporações, provando assim sua competência.

Porque não terceirizar

Uma possível desvantagem do outsourcing em TI é justamente a falta de segurança. Apesar dos benefícios citados acima, não podemos ignorar o fato de que todos os dados da empresa estarão abertos a outra corporação completamente independente da sua, e por isso não há garantias de que essas informações não serão utilizadas de forma inadequada.

De qualquer maneira, é possível prevenir imprevistos analisando com calma o currículo e portfólio da empresa que você pretende contratar. Se a mesma possui muitos clientes importantes e conhecidos no mercado, ela dificilmente vai querer arriscar seu sucesso e clientela manchando a própria reputação.

A ideia principal do outsourcing é poupar o seu tempo e te permitir focar nos aspectos mais fundamentais do seu negócio. Para assegurar uma boa parceria, faça da comunicação entre ambas as empresas uma prioridade. Vale lembrar que não é a toa que o outsourcing vem se tornando uma prática cada vez mais popular. No fim das contas há mais prós do que contras.

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Conheça nossos parceiros