Artigo

Por que é interessante usar a virtual machine na sua empresa?

As máquinas virtuais são a melhor forma de criação de distribuição de sistemas virtuais. Por meio delas, é possível simular o funcionamento de um sistema operacional completo, com regras de conexão, programas e configurações diferentes das utilizadas no computador hospedeiro.

Elas tornam a vida de analistas de TI mais simples. Independente da solução adotada, uma máquina virtual aumenta a segurança de quem trabalha com o desenvolvimento de sistemas, permite que sistemas legados não sejam abandonados e diminuem custos.

Quer saber mais? Então leia o nosso texto de hoje!

Motivos para utilizar uma máquina virtual

Maior isolamento do ambiente de testes

Quem trabalha com o desenvolvimento de sistemas muitas vezes precisa verificar a qualidade de programas com falhas que podem tirar toda a estabilidade de uma máquina de produção. Uma virtual machine permite que softwares em fase de teste possam ser utilizados em um ambiente virtual que simula todas as características de um computador.

Fácil de instalar, configurar e manter

As máquinas virtuais permitem que o OS seja “pausado” a qualquer momento. Com o salvamento do estado em que a máquina se encontrava no disco virtual, é possível mover a VM para outro computador, facilmente.

Recuperação de dados simples por meio de snapshots

A criação de cópias de segurança de arquivos e sistemas faz parte das políticas de gestão digitais de várias empresas. Com as virtual machines, a criação de snapshots de uma máquina é algo fácil de ser executado. Assim, ao lidar com produtos que são instáveis, um gestor de TI tem a garantia de que o tempo necessário para a recuperação de qualquer arquivo ou sistema danificado será o menor possível.

VMs são fáceis de serem replicadas

Uma vez instalada e configurada, a virtual machine pode ser distribuída facilmente. Isso diminui o tempo necessário para a distribuição de sistemas e softwares novos. Por exemplo, em uma empresa de grande porte que pretende implementar o uso de VMs para o acesso aos seus sistemas de segurança, os analistas de tecnologia precisam configurar apenas uma única vez o ambiente virtual para todos os usuários.

Principais usos de uma máquina virtual

As máquinas virtuais podem ser utilizadas tanto por usuários domésticos como corporativos. No primeiro caso, elas podem servir para a educação digital de crianças e para o aumento da privacidade do usuário. Já em ambientes corporativos, podemos destacar dois usos:

  • Teste de novos sistemas: durante o processo de criação de novos aplicativos ou implementação de novos sistemas, um time de TI pode utilizar uma virtual machine. Ela permite que o novo sistema seja testado em um ambiente isolado do ambiente de produção, aumentando a segurança dos usuários.
  • Manutenção de sistemas legados: muitas empresas utilizam sistemas legados que, com o tempo, tornam-se incompatíveis com os OSs modernos. Para garantir que nenhum dado ou programa deixe de ser utilizado, uma máquina virtual pode ser configurada apenas para a execução do sistema antigo.

Quem precisa de uma VM?

Máquinas virtuais são a solução ideal para quem procura criar um ambiente virtual isolado para a execução de softwares e sistemas digitais. Elas reduzem o potencial de falhas de código e brechas de segurança impactarem o computador de produção de um usuário. Além disso, uma VM permite que sistemas inteiros sejam copiados facilmente, aumentando a proteção contra danos e diminuindo os custos de implementação de uma nova ferramenta em uma empresa.

Seja em servidores locais ou remotamente, a virtualização está ganhando um espaço cada vez maior nas empresas. É o seu caso? Compartilhe conosco!

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Conheça nossos parceiros