Artigo

Como enfrentar a crise de forma inteligente?

A situação econômica no Brasil está mais desfavorável do que esteve em muitos anos e com tendências a piorar, infelizmente. Com isso, a desaceleração das vendas e dos investimentos, assim como o aumento do desemprego, são consequências quase inevitáveis: a queda nas vendas no varejo foi de 5,2% enquanto o desemprego atingiu 10,2%, ambos chegando a níveis recordes.

Para os gestores, essa condição dificulta muito o planejamento e desencoraja qualquer tipo de aplicação de recursos, o que tende a frear ainda mais a recuperação econômica em geral, além da própria capacidade da empresa de superar este momento desfavorável. Felizmente, existem opções para combater esta situação.

Em um momento que não permite passos em falso, informações são as principais armas para as empresas que querem crescer em uma situação adversa. Por este motivo, o uso de técnicas de Data Analytics, Big Data e Business Intelligence são indispensáveis para tomar decisões precisas, confiáveis e na velocidade necessária para estar à frente das mudanças do mercado.

Em resumo, tratam-se de técnicas para adquirir e analisar dados em pequena ou grande escala, com foco na obtenção da informação de alta relevância, valor e de uso rápido para a e empresa. Eis alguns exemplos de ações possíveis a partir do uso destas práticas:

  • Aumento da capacidade de decisão em menor tempo: graças à capacidade aumentada de coleta e análise de dados de diversas fontes, as empresas podem antecipar situações e decidir de forma segura sobre as melhores ações para cada momento.
  • Otimização de investimentos em marketing, vendas e demais áreas: com maior conhecimento do público e da situação do mercado, ações podem ser dirigidas com mais precisão, menores custos e maior capacidade de retorno do investimento.
  • Relacionamento com o cliente: a análise de dados comportamentais, tanto socialmente quanto em termos de consumo, permite que suas necessidades sejam atendidas com mais precisão, o que se reflete em maior fidelidade e melhores ações de pós-venda.
  • Gestão e posicionamento: a pesquisa de mercado usando Big Data e Business Intelligence, por exemplo, é extremamente efetiva e permite prever tendências e agir antes da concorrência. Igualmente, os três processos mencionados, usados em conjunto, permitem uma compreensão mais clara da própria empresa, o que simplifica a gestão e auxilia na redução de custos.

Não é fácil superar um momento conjuntural desfavorável, mas o uso inteligente destes três processos no planejamento empresarial em todas as áreas relevantes pode permitir que a empresa enfrente as adversidades com segurança.

É importante ressaltar um detalhe, contudo: os dados, por si só, não promovem mudanças. Eles apenas servem de base para trazer clareza e capacidade de decisão com informações e segurança. Cabe, invariavelmente, à equipe de gestão da empresa usar estas informações para realizar as ações necessárias para superar os diversos desafios que as empresas devem enfrentar neste momento conturbado.

New Call-to-action

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Conheça nossos parceiros