Artigo

Combatendo as ameaças persistentes e avançadas – APT´s

Nos dias de hoje, os ataques que causam os maiores danos a sistemas corporativos, pessoas e dados, são as APT’s (Advanced Persistent Threats). Também chamadas de “Ameaças Persistentes Avançadas”, elas estão cada vez mais sofisticadas e furtivas, utilizando técnicas de engenharia social para penetrar de forma discreta nos sistemas da empresa. Então, quando menos se espera, são roubadas informações valiosas da organização, que podem ir desde a propriedade intelectual de um software até segredos governamentais. Pensando em como evitar essa invasão, produzimos este post para você aprender como combater essas ameaças. Confira:

Como é criado um APT?

Normalmente, os hackers projetam um APT personalizado para cada alvo, passando pelas seguintes etapas: Escolha da empresa-alvo e investigação da corporação por parte do criminoso (funcionários, seus perfis, sistemas e politicas utilizadas) a fim de traçar um perfil detalhado da empresa e encontrar as falhas dentro da organização (tanto humanas quanto de sistemas computacionais). Depois desse processo, o hacker escolhe e desenvolve a melhor técnica a ser utilizada, como a engenharia social ou a distribuição de e-mails com vírus para inserir o malware de acesso remoto ao sistema ou ao computador-alvo e começar a fazer os estragos.  A criação deste ataque especifico e personalizado é conhecido como ATA (Advanced targeted Attack), ataque avançado direcionado.

Como evitar os APT’s?

Existem métodos específicos e eficientes que podem reduzir o risco de que APT’s se implantem no sistema corporativo, como:

Parcerias de Segurança

Ter uma boa parceria de segurança de uma empresa confiável como a VERT, pode fornecer à organização informações atualizadas sobre o sistema corporativo e fazer a implantação de medidas inteligentes para o monitoramento de ameaças.

Defesa em multicamadas

Esse tipo de defesa exige a implementação de requisitos de segurança importantes, como a lista branca / lista negra, filtragem web, reputação de IP’s, controle de softwares baseado em cada classe de usuário, antivírus ou controle endpoint. Assim, atividades suspeitas e aplicações maliciosas terão muito mais dificuldade de penetrar no sistema, e isso evitará o vazamento de informações importantes e confidenciais da corporação.

Educar os funcionários

É uma medida fundamental para manter os APT’s longe da empresa. É preciso conscientizar os funcionários sobre o risco desse tipo de problema e também sobre o uso adequado dos meios de comunicação e redes sociais. Além disso, limitar o acesso a unidades USB é uma opção interessante para o gestor de TI que quer manter a sua rede corporativa segura.

Limitar o acesso

Um estagiário não pode ter acesso às informações gerenciais da empresa, mas um funcionário de alto nível, que trabalha com informações confidenciais, precisa de um acesso especial. Fazer esse tipo de divisão de acordo com a hierarquia, evita que informações importantes sejam vazadas. Ao limitar o acesso, a organização se torna capaz de evitar diversos tipos de ataques cibernéticos.

Dupla autenticação

Ao implementar a dupla autenticação para usuários que precisam de informações sigilosas ou que tem acesso remoto ao sistema da empresa, a organização evita que um hacker se aproveite das credenciais perdidas ou roubadas de um funcionário.

Atualmente, todas as empresas, sejam elas públicas ou privadas, precisam se preocupar com o risco das Ameaças Persistentes Avançadas. Cada dia que passa, esses ataques se tornam mais discretos e intrusivos. Mas, com a ajuda da VERT, com certeza a sua organização se tornará muito mais protegida e seus dados continuarão sigilosos e os sistemas computacionais muito mais seguros. Agora que você já sabe como proteger seu sistema dessa ameaça, não perca mais tempo. Adote essas medidas e não tenha prejuízos no futuro. Ainda tem alguma dúvida? Deixe seu comentário pra gente e venha participar da conversa!

[hs_action id=”2170″]

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Conheça nossos parceiros