Artigo

CDO (Chief Data Officer) é o mais novo cargo de grande importância para as grandes empresas

CDO é o mais novo cargo de grande importância para as grandes empresas

A busca por informação é tão importante, quase obsessiva, nos tempos atuais que simplesmente ter ferramentas para isso já não basta para algumas empresas: algumas das maiores empresas do mundo já montaram equipes inteiras dedicadas à gestão de dados, desde sua coleta em centenas de fontes diferentes até sua transformação em informação relevante para cada atividade da empresa.

À frente disso tudo está o profissional chamado de CDO, cuja entrada no mercado começou há poucos anos no cenário mundial, mas que já em 2013 apresentou mais de 100% de aumento em relação ao número do ano anterior segundo pesquisa da PwC, e vem só aumentando desde então.

O CDO (Chief Data Officer) é o responsável por trazer as novidades mais inovadoras em termos de técnicas e tecnologia aplicadas a todo o processo de utilização de dados, o que é algo ao mesmo tempo altamente especializado e de vasta aplicação. Por “dados” deve-se entender todo tipo de registro – via de regra, digital – que serve como base para extração de informação a ser utilizada para uma enorme variedade de finalidades, que incluem: estudo de perfis de consumidor, comportamento de compra, tendências mercadológicas, previsões econômicas, estudos de distribuição e logística, análises de concorrência, entre muitas outras. As equipes lideradas pelos CDOs habitualmente contam com profissionais de várias especialidades, com recorrência de engenheiros de software, cientistas de dados e desenvolvedores especializados em várias linguagens. Embora diretamente ligados à área de tecnologia, suas entregas têm aplicações em quase todos os departamentos, sendo esta uma das razões principais para o destaque crescente deste profissional.

Para as empresas que ainda não têm este profissional mas sentem a necessidade de aumentar sua capacidade de análise situacional, vale a pena conhecer as principais expectativas que cercam o CDO:

  • User Experience (UX): um dos desafios presentes na agenda de qualquer empresa que busque diferenciação em seu mercado é a chamada experiência do usuário, ou UX. Este objetivo é altamente complexo porque abrange todos os canais de contato do cliente com a empresa, desde antes da compra até o pós-venda, tanto física quanto virtualmente. O CDO e sua equipe são responsáveis por monitorar opiniões e operacionalizar pesquisas para trazer informações para departamentos como o marketing, por exemplo, para trabalhar as melhorias.

  • Inovação: monitorar o mercado e as novas tecnologias em busca de saídas para a diferenciação e a inovação fazem parte dos desafios deste profissional.

  • Otimizações: uma das grandes preocupações dos CEOs neste momento conturbado é a redução de custo sem perda de capacidade operacional da empresa. O CDO atua em parceria com as gerências levantando dados operacionais e mercadológicos em busca de renovação dos processos, com foco na otimização.

Finalmente, o CDO não é equivalente ao CIO, embora ambos sejam de tecnologia. Enquanto o CIO tem um olhar amplo, incluindo redes, infraestrutura e softwares corporativos, o CDO é dedicado aos dados e à geração de informação, podendo inclusive atuar em paralelo com o CIO, para trazer o máxima de resultado para a empresa.

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Conheça nossos parceiros