Artigo

Benefícios do monitoramento de TI

É inegável o papel estratégico do setor de TI dentro das empresas. Do controle de estoque do almoxarifado até o pagamento dos impostos e tributos, tudo funciona sobre uma base tecnológica. E manter essa infraestrutura funcionando com eficiência é um dos grandes desafios às equipes de TI.

Monitorar é o primeiro passo para tomar decisões de forma rápida, dando agilidade ao seu negócio, além de otimizar o uso de recursos, tempo de trabalho da equipe e, principalmente, minimizar custos com paradas dos sistemas ou manutenções. Para facilitar a vida dos gestores, diversos recursos foram surgindo ao longo dos anos. Hoje vamos falar sobre um deles, em especial: o monitoramento.

Monitoramento de TI para disponibilidade

Atualmente, a disponibilidade dos serviços de tecnologia é condição de existência das empresas. Basta observar o caos que acontece quando o link de internet cai, o telefone não funciona, o sistema trava.

Sem um monitoramento de TI automatizado que avise o responsável técnico quando um serviço se tornou indisponível, só se sabe do problema quando ele já causou algum dano. Seja na operação que não foi concluída, ou pior, num arquivo que não pode ser aberto/salvo no servidor quando sua empresa mais precisa dele.

Automatizar o monitoramento é tão importante quanto otimizar os processos de gestão em TI, e com ferramentas específicas para isso, você encontra uma boa forma de tirar sua equipe do papel de bombeiro, que passa dia após dia apagando incêndios e lidando com problemas que surgem da indisponibilidade

Monitoramento de TI para manter-se atualizado

Quando se fala em tecnologia, é preciso manter-se atualizado. Uma situação que afetou diversas empresas recentemente foi o fim do Windows XP. Amplamente utilizado em ambientes corporativos, a migração para o Windows 7 ou 8 gerou uma demanda maior de hardware.

Empresas que não monitoram o hardware do seu parque tecnológico, tiveram de investir no licenciamento de sofware e upgrade de hardware simultaneamente, quando poderiam ter se preparado melhor e feito o investimento gradualmente. Levando em consideração que a maioria dos hardwares e softwares desenvolvidos a partir de 2013 não são mais compatíveis com o XP, percebemos que a mudança não foi opcional. É uma questão de sobrevivência.

Monitoramento de TI para manter a produtividade

Imagine um acesso lento ao servidor de arquivos. Seus colaboradores conseguem acessar a informação, mas passam muito tempo aguardando que ela surja na tela. Como calcular o custo dessa diminuição de produtividade? Sem contar com a dispersão, quebra na concentração e aumento na irritabilidade dos funcionários, que passam a culpar a tecnologia pela pouca produtividade.

Outra situação muito comum: como controlar o trabalho da equipe técnica de suporte sem um sistema de helpdesk? Monitorar os chamados abertos, concluídos e pendentes é a forma mais rápida e eficiente de saber se as coisas estão em ordem por lá.

Percebe como o monitoramento é importante? Manter servidores, sistemas, redes de dados e equipe técnica sob o olhar do gestor é algo subumano, e você pode fazer uso de soluções que facilitem sua vida. É sua responsabilidade suportar o modelo de negócio da empresa com tecnologia, protegendo os dados e acompanhando as necessidades e demandas que surgem. Monitorar é sinônimo de garantir a qualidade e o nível de serviço da sua empresa.

Ainda tem alguma dúvida ou gostaria de deixar sua opinião sobre as formas de monitoramento? Então comente este post e participe da conversa.

análise de dados e big data

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Conheça nossos parceiros