Artigo

A Maturidade dos Data Hypes

Em 2013 publicamos o artigo “O über hype do Data Discovery” que comentava sobre a exaltação exagerada ao Data Discovery. Para refrescar a memória, essa é a tecnologia que está ampliando o alcance e facilitando o acesso ao mundo analítico, por tornar a análise dos números compreensível às pessoas comuns e, em última instância, por dar uma forma visível ao BigData. Na ocasião, alertamos que essa abordagem isolada era míope, uma vez que não se poderia abrir mão da qualidade e governança dos dados.

O Gartner costuma apresentar, de tempos em tempos, uma curva sobre o amadurecimento das tecnologias emergentes e inovadoras que dão certo e se estabelecem como um novo padrão. Tipicamente, quando uma nova tecnologia aparece com promessas de resolver um antigo problema da indústria, a novidade se alastra como fogo e se torna um grande Hype. Com o tempo, há um choque entre as imensas expectativas criadas e a realidade entregue, se estabelecendo uma sensação de descrença. Finalmente, a tecnologia alcança certa maturidade e se estabiliza, a medida que avança no mercado e passa a cumprir suas promessas.

Gartner Hype Cycle

Em 2013 o Data Discovery estava no pico das expectativas, num Hype gigantesco, e poderíamos prever um certo desapontamento. Ainda assim, essa tecnologia tem evoluindo muito rápido para seu platô de produtividade, bem mais que o usual. E por que ocorreu um amadurecimento tão veloz, em apenas um ano?

O que não pudemos precisar à época foi que o próprio Data Discovery expos a fragilidade dos dados de uma forma, talvez, inesperada – o usuário de negócio passou a perceber inconsistências e a demandar maior qualidade nos dados para tomar suas decisões e fazer suas descobertas. Essa responsabilidade e percepção estava antes confinada aos analistas da TI. Veja a ironia! Os evangelistas da nova tecnologia de descoberta de dados defendiam que ela iria substituir e aposentar tudo o que havíamos feito na última década, mas foram os usuários de negócio que alertaram a indústria.

Acontece que, diferentemente das grandes corporações que dominavam esse mercado há alguns anos, as empresas líderes desse mercado de Data Discovery são tão leves quanto suas invenções, e com muita agilidade iniciaram o processo de inserir tecnologias e compor parcerias que aliassem os dois mundos: a descoberta de dados e suas visualizações belas e mágicas, com a dureza da gestão de dados. E deu certo, muito certo! Algumas delas cresceram mais que 70% no período, e ainda há muita novidade pela frente.

Em paralelo, os líderes em soluções especializadas em qualidade e governança de dados também se beneficiaram da onda. Muitos projetos de dados que vinham engavetados por falta de recursos para investimento ganharam o apoio das áreas de negócio. Apesar da grande evolução do tema nos últimos dois anos, seus projetos ainda são mais longos e complexos, na verdade são continuados em ciclos de melhoria. Então, os usuários de negócio continuam fazendo suas descobertas agora, mas com a garantia de que seus dados e informações vão ficar cada vez mais confiáveis e ricos.

E o que vem daqui para a frente? O Data Discovery assume definitivamente a faceta visível da tecnologia analítica, enquanto funções de manipulação e fluxo de dados emprestarão mais solidez a solução. Outras tecnologias inovadoras serão incorporadas e passarão a ser consumidas pelo usuário de negócio através dessas interfaces amigáveis. Aí se incluem tecnologias de busca e correlação de dados desestruturados e, um pouco mais adiante, tecnologias cognitivas de interpretação de linguagem natural, tudo indo para a nuvem, naturalmente.

Nesse período, entre a primeira publicação e essa, nós da Vert estabelecemos e amadurecemos novas parcerias, com a Tableau, líder em Data Discovery e a Informatica, líder em qualidade e governança de dados. Não é coincidência que nossas apostas tenham sido tão agraciadas. Após alguns anos acompanhando esses Hypes aprendemos a creditar um bom peso aos antigos conceitos que subsidiam essas novidades.

Alexandre Nunes
Especialista em Análise de Dados

Conheça nossos parceiros