Artigo

Tablet computer with hand

7 motivos pelos quais você precisa ter o eSocial na ponta dos dedos

O eSocial é um projeto do governo federal que promete transformar profundamente as relações trabalhistas no Brasil. Com a adesão obrigatória prevista para meados de 2016, seu objetivo principal é unificar o envio das informações relativas à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas por parte do empregador com relação aos seus empregados, facilitando um processo que antes era demasiadamente elaborado. Quer conhecer os benefícios do novo projeto? Venha conferir os motivos pelos quais você precisa ter o eSocial na ponta dos dedos!

Desburocratização

Sem sombra de dúvidas, a desburocratização é o maior dos benefícios trazidos pelo eSocial. Com a implementação do programa, não será mais necessário o preenchimento dos inúmeros formulários e declarações exigidos hoje em dia (como a DIRF, o RAIS e o GFIP), já que todas as informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas serão enviadas pela internet em um arquivo, e posteriormente, repassadas aos órgãos governamentais integrados ao sistema, que irão analisá-las.

Transparência

Outra vantagem trazida pelo eSocial é a criação de um diferencial competitivo para as empresas: o sistema permite uma maior transparência com relação às informações prestadas, aumentando também a possibilidade de fiscalização por parte dos consumidores, fornecedores, instituições financeiras e do próprio governo — o que acaba reforçando a credibilidade da sua empresa perante o mercado.

Direitos trabalhistas garantidos

Não serão os empresários os únicos beneficiados pelo novo projeto, já que também existem vantagens para os empregados. Com o eSocial, o histórico trabalhista fica vinculado ao CPF do funcionário, o que torna mais fácil a concessão de benefícios previdenciários — como a aposentadoria ou o auxílio-doença, por exemplo. Isso também facilitará a fiscalização do cumprimento das obrigações trabalhistas, tanto por parte do governo, quanto por parte dos próprios empregados, já que é só acessar o site para obter as informações necessárias.

Proteção contra fraudes

Antes, a exigência de diversos formulários facilitava a prática de fraudes contra os sistemas trabalhista e previdenciário, o que gerava a redução dos direitos trabalhistas e menor arrecadação por parte do governo. Com as informações prestadas em um único documento, a fiscalização contra fraudes e sonegação se torna mais eficaz, reduzindo assim a concorrência desleal entre aqueles que não cumprem com todas as suas obrigações corretamente e os que atendem a todas as obrigações sociais na forma devida.

Já podemos desenvolver eSocial

A partir da Resolução do Comitê Gestor nº 001/2015, publicada 24/02/2015, foi aprovada a nova versão 2.0 do Manual de Orientação do eSocial (MOS), possibilitando que sua empresa inicie o projeto de geração das informações do eSocial.

Esse manual orienta o empregador para a forma de cumprimento de suas obrigações, que está sendo instituída por meio do novo sistema, além de estabelecer regras de preenchimento, de validação, layouts, tabelas e instruções gerais para o envio de eventos que compõem o eSocial para o ambiente nacional de dados.

Obrigatoriedade

Ao término do projeto em implementação do eSocial, todas as empresas brasileiras deverão ter a adesão obrigatória ao novo Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas denominado eSocial.

Os prazos de entrega dos eventos e o cronograma da obrigatoriedade serão objetos de Resolução do Comitê Diretivo a ser publicada brevemente no Diário Oficial da União

Maior facilidade na recuperação dos dados e acesso às informações

Outro benefício do eSocial é a facilidade de arquivo das informações. Como o sistema funciona como um grande backup de registros, essas informações poderão ser acessadas a qualquer momento quando requisitadas pelo governo, reduzindo a chance de aplicação de multas e outras penalidades. Além disso, as empresas poderão eliminar a necessidade de manter arquivos em papel guardados, que, por lei, deveriam ser mantidos por no mínimo 30 anos.

Como visto, o eSocial irá facilitar vários aspectos do processo de envio de informações fiscais, trabalhistas e previdenciárias. Venha conhecer as soluções Vert e comece agora mesmo a se adaptar ao novo projeto! Ainda possui alguma dúvida sobre o eSocial? Então deixe o seu comentário e entre em contato conosco. Participe dessa conversa!

[hs_action id=”2170″]

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Conheça nossos parceiros